PROJETOS Vila Sansu

Andressa e Thomer

Toda tradição dos casamentos judaicos vem carregada de significados....


Enquanto a noiva caminha até o altar ela vai com o rosto descoberto e assim que chega ao encontro do noivo ele cobre seu rosto com o véu antes de entrar na chuppá, essa tradição vem da matriarca Rivca, quando ela cobre seu rosto com um véu em seu primeiro encontro com Yitschac. O casamento de Yitschac com Rivca marcou o começo do povo judeu. Imitando o gesto de Rivca, a noiva espera que seja igualmente merecedora das bençãos divinas no seu casamento.


Outro detalhe importante é que durante toda a cerimônia, todos os homens devem usar o Kipá, um pequeno chapéu redondo que fica no topo da cabeça, ele simboliza o respeito a Deus que está acima de nós acompanhando todos os nossos passos.


A cerimônia é celebrada pelo Rabino ou pelo Razan, um homem judeu mais velho, sábio e com experiência na comunidade.


As alianças são um ponto importante da celebração, porque assim que elas são colocadas no dedo um do outro, eles já são considerados casados. 


E você sabia que o altar judaico não é só um lugar onde a celebração acontece, ele tem um significado lindo por trás.
A chuppa é uma tenda aberta de todos os lados e ela representa o lar que os noivos vão construir juntos e também é uma proteção que representa a benção infinita de Deus e a harmonia conjugal.